⌠ 48 avaliações para a publicação abaixo ⌡
Ederson Oliveira
Parabéns
Escrito por Ederson Oliveira

O cara nunca ligou pra peso, mas engordou sete quilos esse mês.
O cara nunca guardou mágoas, mas já tinha que escolher onde iria por quem estivesse lá.
O cara nunca amou. Agora vive.

Bancar o durão esse tempo todo não foi útil de nenhum modo. Agora é só uma criança, daquelas que só entravam na brincadeira porque eram as donas da bola. Daquelas quer não deixam a infância ser, e a vivem agora.  Meu caro, enquanto você lê isto, ele está em um bar qualquer acabando com o estoque de cerveja barata do lugar. O intuito é se cedar. Resolveu comemorar o dia em que foi, inescrupulosamente, obrigado a ser mais um habitante deste planeta de acordo com a vida que andava levando. Sozinho e buscando realidades paralelas. O mundo parecia um livro aberto depois de algumas doses. Essa data talvez nem seja importante. Só mais um dia comum, com o peso de ter gerado ao mundo mais uma alma vagante e ignorante para as coisas dela. Um ano a mais, ou um ano a menos?

Agora ele vai voltar pra casa.
Agora ele vai acordar em um outro dia, que não é seu aniversário.
Agora ele vai voltar pro trabalho, que nunca foi dos seus sonhos.
Agora ele vai repetir isso até o última dia.
Parabéns pra ele. Parabéns pra ele? 

alt