⌠ 32 avaliações para a publicação abaixo ⌡
Ederson Oliveira
Tenha Medo e Vá
Escrito por Ederson Oliveira

Chega a ser assustador...

Nunca saber como vai viver daqui a algum tempo. Não ter a certeza que tudo que planejou vai acontecer mesmo. Não saber nem mesmo se vai continuar tendo os mesmos objetivos, quando novas experiências aparecerem e mudarem seu ponto de vista.

Ele sabe que nada que é perpétuo. O que ainda vai ter que enfrentar o fará ter novas visões sobre as mesmas coisas, visões que antes pareciam inconcebíveis; sabe por que já passou por isso. Quantas vezes se viu diante daquele momento em que tinha que optar entre as suas antigas verdades e as novas idéias? Aquela hora em que era questionado sobre algo que ainda estava vagando em sua mente, mas tinha que se posicionar... Escolhia o novo, ainda bem.

Achava muito estranho quem se deixava levar pela conveniência de achar aquilo que todo mundo achava, pela facilidade de fazer exatamente tudo que os demais faziam. Preferia ser àquilo que Raul dizia, “essa metamorfose ambulante”. Seu lema era “tenha medo, mas vá.”

Andava com esses devaneios por um bom tempo, mas aí a rotina apertava. Com os dias cheios ficava mais fácil levar a vida, nem via o tempo passar. Colocar no automático e seguir em frente. Quando parava e se rendia a circunspecção de novo, via o quanto odiava esse negócio de passar os dias sem perceber, sem fazer nada que marcasse e virasse uma memória daquelas que todo mundo gosta de contar pros amigos. Talvez essa tentativa de estar consciente, de não estar anestesiado pelo mundo, era simplesmente porque queria estar muito vivo quando o desconhecido viesse mudar os rumos de sua vida.

Nunca veio, mas ele ainda espera...

alt