⌠ 52 avaliações para a publicação abaixo ⌡
Manoelle
Gosto
Escrito por Manoelle D'França



Gosto.
 
Gosto de ouvir a chuva
Do som de sapatos andando sobre as
pedrinhas miúdas do chão não asfaltado
De cheiro de livro
De chá de cereja antes de dormir.
 
Gosto.

Gosto mesmo.

De olhar nos olhos do outro
De mergulhar no fundo deles se forem verdes
De tentar decifra-los se forem negros
e refletirem minha imagem de volta.
 
Gosto.
 
De observar o movimento dos lábios
de quem fala devagarinho
De ouvir risada que assobia
De sorrir pra quem me cumprimenta
sem me conhecer.
 
Gosto.
 
De quando o Sol acorda e me desperta
atravessando minha janela
Incitando as persianas a fazerem desenhos
de luz nas paredes e no teto.
 
Gosto de verdade.
 
De fazer minha mãe rir
De rolar na cama antes de me levantar
De caminhar pela orla da praia
às vezes comigo mesma
às vezes com meu velho do lado.
 
Gosto mesmo.
 
Dos pulos e latidos do meu cachorro
quando volto do trabalho
Do vento que chega de chofre
numa tarde de 40º
De ler de madrugada.
 
Prefiro.
 
Viver tranquilamente
Amar despretensiosamente
Ser livre e deixar que sejam
Observar e aprender
Errar e aprender
Aprender e viver
Viver e aprender
Viver.
 
Gosto. Gosto, sim.