⌠ 25 avaliações para a publicação abaixo ⌡
Manuella Costa Pires
"Shit, vazio"
alt

Não quero mais procurar
pode simplesmente me dar?
Não vou me importar
que sufoco, é um grande teste de resistência
aja paciência, como faço para esse momento passar?
Basta sonhar, almejar ou pestanejar?
Não sei, desabei, desentruturei, cansei
mesmo assim não parei

Para que fazer essa música tocar
não posso fazer acabar
quanto não
não isso
não aquilo
deve ser por isso, achei o motivo

Fazer o quê?
Comer? Beber? Prever?
Não sei, me apaixonei, amei, chorei
mesmo assim perguntei.

E agora?
Sei lá, demora
mesmo assim não quero esmolas
ou é por inteiro, ou nada feito
Resta esperar, olhar, escutar e tentar
O que se sucede depois?
Algo bom, de bom tom, tomara
a vida não para
sim, um lugar do lado ocupado
sim, ficou mal acabado
sem clichês shit!

http://devaneiosdamanu.blogspot.com/

 
⌠ 37 avaliações para a publicação abaixo ⌡
Manuella Costa Pires
"Monótono, pacato, aceito, desfeito"

alt


Sem ato, segundos, até anos
passando tanto tempo
ficando assim sem sentir o vento
amor, não tem
calor, nem por um vintém

O frio na barriga, jamais
aquilo para ela, era pedir de mais
bloqueio, sorteio, tanto faz, para ela não importa
Sorriso de consolação, mais um dia que fecha a porta

Como tudo aquilo era ruim
ela preferia não ter um rim
ter só o que comemorar, tim-tim

O dia da decisão, que coragem
sem o carro na garagem, alegria
uma separação sem emoção
ele não estava mais no seu coração
ali só cabia a razão

Que bom, sem bombom, uma reconstrução
a mulher de volta, a mãe sem revolta
nada a abala de novo
experiência, paciência, a licão do dia
como aquela mulher sorria

Ela finalmente sentia
animada corria, vivia
daquele rosto algumas lágrimas ainda caiam
mas não por ele
era por ela
era a tempestade passando
o dia clareando
uma vida se renovando.

http://devaneiosdamanu.blogspot.com/

 
⌠ 33 avaliações para a publicação abaixo ⌡
Manuella Costa Pires
"Um Time"

Sente que tem algo a fazer, estudos ou um momento de lazer
Mesmo assim é difícil, a falta de vontade impede e você se despede
Porque tudo tem que ser assim? Porque não tenho você só pra mim?
Tempo, tempo, tempo, tudo cronometrado
Não posso simplesmente jogar os pés pro ar ou então voar?
Não. A vida exigiu-me tarefas, responsabilidades, calamidades
Blá Blá Blá
Cansei, então, parei
Saber e ter que fazer é diferente de querer
Posso olhar pro lado, passar horas com o corpo escorado
Vibrar de emoção com o refrão
Amar a cor ou até a dor
Administração, organização, burocratização, simplesmente amontoação
Importante, sim. Desconcertante, também. Entediante, quase sempre.
É necessário, precário e me dá um salário.
Continuarei com meus dias de meditação sem muita preocupação
Atrasarei-me um pouco, mas não agüento todo esse sufoco
Gosto de falar, escutar, brincar, brindar, dançar e até me espreguiçar
Assim as coisas às vezes ficam para o último segundo, mas lá no fundo
Tudo foi feito para o bem do meu mundo.

 
⌠ 20 avaliações para a publicação abaixo ⌡
Manuella Costa Pires
"Busca"
por Rafal Obinski
 

Intensa, expansiva, infinita,
a imprensa e a vida bonita

Sensação de inutilidade
sempre é o caminho errado, por isso
vai lá, procura uma faculdade

Ideais e objetivos banais
pelos seres humanos perfeitos
estereótipos e rótulos com defeitos
uma tarja no rosto de cada um

Horas e auroras
dores e flores
amigos e castigos
experiências e consequências

Quando acaba?
Nunca.

 
⌠ 10 avaliações para a publicação abaixo ⌡
Manuella Costa Pires
"Como é bom"

Sinta, olhe, fale, viaje,
escute, toque, beije, segure,
almeje, induza, produza, provoque, desfoque,
amasse, contagie, socialize, armazene, envenene,

solte e volte.

Sorria, como diria
um amor acontece em um dia

Expresse, o tempo vai embora,
então curta a aurora.

durma, sonhe
deseje, faça.

Use, você pode e deve, abuse.
O máximo com clássico.

Diário do acaso, arriscado, aproveitado e amado,
não é fantasia
sem demasia

Ar puro, fragmentado, gelado e paralisado.
Acabou, espera-se novamente.
Volta, calma
tudo é consequente.

Manu

http://devaneiosdamanu.blogspot.com/

 
⌠ 43 avaliações para a publicação abaixo ⌡
Manuella Costa Pires
"Instantâneo"

Momentos de delírio, chega de martírio 
Pessoas, felicidade sem cumplicidade
Onda que contagia e só se vê orgia.

Ali lágrimas parecem não existir
juntos dançando, só querem se divertir.

O que vem depois não importa
agindo todos soltos, você concorda
leves deixam o corpo, você acorda

Como se em cinco dias tudo fosse melhorar
mas minutos depois tudo vai desabar

é bom, diferente, inusitado
com tom, envolvente e fica marcado

Você decide a marca, temos três opções:
boa, igual ou ruim

Quase sempre a última se vigora
em poucos dias, é, não demora.

Manu

http://devaneiosdamanu.blogspot.com/

 
<< Início < Anterior 1 2 3 Próximo > Fim >>

Página 3 de 3